Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \30\UTC 2009

I’m lovin’ it

Apesar de meu ultimo post ter sido resmugao, confesso que estou apaixonada por Londres. A cidade definitivamente superou as minhas expectativas.

Pra comecar, a cidade nao eh cinza como sempre ouvi dizer. O outono tem deixado a cidade com um colorido encantador.

Alem disso, o que me encanta eh que Londres nao eh bonita soh pra ‘ingles ver’, preservando apenas pracas centrais, castelos e monumentos. Londres eh bonita por inteiro: cada rua, cada casa, cada praca, cada igreja de pedra, escola, pub, tudo eh lindo.

Nao eh exagero. A maioria esmagadora das casas sao historicas e seguem uma arquitetura vitoriana, com tijolos a mostra, chamines e telhados tipicamente ingleses. Elas nao podem ser demolidas e sequer reformada sem autorizacao governamental. Isso ocorre em qualquer bairro, seja no centro, na periferia ou no suburbio.

Alem disso, ha arvores de fora a fora, parques por todos os lados, museus fantasticos, monumentos e castelos de cair o queixo. Os onibus sao aqueles dos postais mesmo, vermelhos e de dois andares. Todos sao novos, limpos, e muito bem organizados, embora de uma lentidao irritante, consequencia das ruas estreitas que nao podem ser modificadas. Como turista, ateh prefiro encarar a lentidao do onibus para apreciar a cidade a pegar o Tube (Metro).

Outra paixao eh o Rio Thames, que corta a cidade. Por conta disso, Londres tem pontes maravilhosas no centro e um ‘riverside’ de suspirar no suburbio. Ha ateh pessoas q moram em barcos ancorados as suas margem. Eu morri de inveja.

As bicicletas sao bem-vindas em Londres. Ha ciclovias nas principias ruas, sinalizacao apropriada, e locais para deixar sua bicicleta em estacoes de metro, em frente a shopping ou predios comerciais. Ateh o sinal de pedestre que no Brasil mostra apenas o homenzinho verde ou vermelho, aqui mostra tambem uma bicicleta verde para que os ciclistas possam atravessar com seguranca.

Londres tem um ar de New York. Aqui, vc encontra todos os musicais em cartaz ao mesmo tempo, as melhores grifes, os melhores restaurantes, chinatown, enfim, uma capital mundial. Porem, ela tem a vantagem de muito mais monumentos historicos – a St. Paul Cathedral, por exemplo, foi construida em 604 e eh deslumbrante.

Mas o melhor de tudo sao os londrinos. Assim como a fama britanica, no geral, eles sao educadissimos. No metro, todos ficam no lado direito da escada rolante, sao super solicitos e gentis assim como eu esperava.

Mais do que educados, os londrinos sao muito simpaticos. Toda hora alguem puxa papo no onibus, metro, cafe, trem. Conheco gente de todos os lugares do mundo e eu simplesmente AMO ouvir varios idiomas por dia. Eu AMO a diversidade de Londres. Em um mesmo quarteirao, vc cruza com mulheres de burca, muculmanas de veu, indianas de sari, africanas de tunicas coloridas, inglesas semi nuas ou de elegancia que parecem ter saido de revistas de moda.

Adoro tentar adivinhar de onde veio a pessoa que vejo e o seu sorriso quando falo que sou brasileira. Adoro aprender um pouco de geografia nas minhas conversas diarias e saber porque aquelas pessoas estao vivendo aqui, e porque amam (ou odeiam) Londres.

Read Full Post »

Esse eh o slogan da IKEA – uma especie de Casas Bahia daqui. A propaganda estah no meu porta Oyster (o Bilhete Unico daqui) e eu leio isso todo dia. Nao tem como nao concordar. Os primeiros dias em Londres estao sendo dificeis porque descobrir o quanto essa frase faz sentido.

Estava muito contente por estar em Londres, mas felicidade sozinha, sem compartilhar eh estranha e vazia. Entao, adquiri um celular com Skype que ajuda a matar a saudade de casa e deixar minha familia mais proxima e tranquila. Falamos todos os dias por um bom tempo de graca. God saves Skype.

Alem disso, estou no meu 11 dia em Londres e ainda me sinto ‘homeless’ . Fiquei provisoriamente em um endereco, agora, provisoriamente em outro, e nem sei quando irei para mais um provisorio, ateh encontrar meu lar em definitivo.

Eh horrivel nao poder pendurar suas roupas no cabide, descobrir caminhos de onibus a cada semana, novas regras de cada casa. Qual serah meu endereco na proxima semana? Por quantas casas mais terei de passar ateh encontrar meu endereco definitivo em Londres? Serah que serah perto da escola? Serah que arrumarei um emprego perto? Perto de onde se nem sei onde serah? A nova casa será grande? Como serao os novos anfitrioes, vizinhos ou roomates? Serao confiaveis, limpos ou simpaticos? Essas perguntas sem respostas me afligem muito e parece que só conseguirei curtir a viagem quando isso tudo se resolver.

Read Full Post »

Where are you from?

Essa eh a frase mais falada e escutada por mim em Londres. Aqui todos sao estrangeiros. No onibus ou no metro vc ouve diarimente 5 linguas diferentes: italiano, espanhol, portugues, polones, russo, arabe, hindi, frances, etc. Em uma mesma esquina vc encontra lojinhas e restaurantes dos mais diversos cantos do mundo – servo, polaco, turco, afegao, sudanes, nigeriano, argelino, brasileiro, portugues, tailandes, greco, ucraniano, japones, chines, de onde pensar. 

Se por um lado fiquei chateada por ser tao raro ouvir um autentico sotaque britanico, por outro torna suas viagens de onibus e metro (que costumam demorar de 30 minutos a 1h30) bem mais interessantes. Todos sao muito simpaticos e eh curioso conhecer a historia desses estrangeiros. Fora que se ninguem eh de casa, faz com vc se sinta um pouco mais em casa.

Read Full Post »

Ja era

 

P1050396 As 11 horas de voo passaram mais rapido do que eu imaginava. Cheguei em Londres as 2 pm com um dia lindo, pra cortar de vez a impressao de cidade cinzenta. E ao sobrevoar o Rio Thames, a London Eye, e aquelas casinhas lindas, ah, nao aguentei e chorei. Soh naquela hora consegui acreditar que realmente tinha vindo pra cah. Todo mundo bateu palmas e eu chorando quietinha na minha poltrona, pensando – ‘Consegui. Agora jah era’.

A imigracao eh meio chatinha, mas eu tinha tudo bem certinho e levei vaaarios documentos. Entao nao tive muitos problemas, mas eles te olham de cima abaixo e fazem cada pergunta ridicula como ‘pq vc quer aprender ingles?’ ‘pq em UK se vc trabalha em uma empresa americana?’ ou ‘vc disse q eh importante pra sua carreira, mas vc jah trabalha lah ha 5 anos’.

PS: Estou sem internet e por isso soh hoje, meu 11 dia em Londres, consegui postar algo. Gracas a uma amiga (um anjo da guarda na verdade) q me deixou usar o computador e internet na casa dela. Desculpe, aqui naum tem acento.

Read Full Post »