Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \26\UTC 2010

Primeiro dia –  Vah ateh Westmister. Se tudo mais der errado, ao menos voce terah visitado os pontos mais importantes da cidade. Em frente a estacao, voce jah verah o Big Ben, House of Parlament, London Eye, e Westmister Abbey, uma igreja historica.
Se quiser dar uma voltinha na London Eye, o passeio sai por £14.

 
Se o dia estiver bonito, e isso nao eh tao raro como as mas linguas propagam, pegue um barco no pier por £4 e vah ateh North Greenwich. No caminho, voce irah passar por baixo da Tower Bridge, a famosa ponte pela qual sou apaixonada. Ao lado tambem verah a Tower of London, um castelo que funcionava como prisao na epoca do Henrique VIII. Se quiser pode descer nesse ponto. A Tower of London pode ser visitada por £15.

London Bridge 

Tower of London

O barco segue ateh North Greenwich. Se for um fim de semana, recomendo que prove algum dos quitutes vendidos em Greenwich Market, uma feira de artesanato com comidas de boa parte do mundo, incluindo uma barraca de gauchos que vendem churros. Outras opcoes sao: comida espanhola, turca, africana, alema, japonesa, italiana, e ateh doces ingleses.

Dentro de Greenwich Park tem praticamente um complexo de museus – O Museu da Marinha, a universidade de Greenwich e a casa da rainha que compoem um cenario bonito proximo ao pier. Jah no topo do parque, proximo a linha do meridiano, tem uma vista de meia Londres, alem do Observatorio e do Museu do Tempo. Tudo de graca. 

Segundo dia – Caso ele esteja nublado ou chuvoso, aproveite para visitar o British Museum. Meu museu favorito na cidade. A construcao eh de babar com um teto de vidro que dah uma iluminacao fantastica. O museu tem um acervo incrivelmente grande, com obras que contam a historia da humanidade. Sugiro as secoes Gregas, Egito Antigo, e Mumias do Egito. Depois, se tiver tempo, escolha sua regiao e periodo historico favorito. Eu escolhi Asia (China, India, Thailandia) e nao me arrependo.

O British Museum fica proximo a Oxford Street. Entao, pernas para que te quero. A Oxford eh principal rua de comercio em Londres, com lojas de souvenir, lojas populares, e tudo mais. Se for final de temporada, melhor ainda para aproveitar as promocoes que sao verdadeiramente half price. Caminhe ateh Oxford Circus, e vire a esquerda na Regent Street em direcao a Picadilly Circus. Eu adoro namorar as lojas da Regent Street. Nunca comprei uma agulha, mas as vitrines sao apaixonantes. 

Terceiro dia – Pegue o metro ateh Charing Cross e visite minha praca favorita – Trafalgar Square. Eh super famosa, cartao postal, bonita e com energia boa. Reserve ao menos 2 horas para entrar na National Gallery, um museu de arte classica que fica exatamente na praca. Eh de graca, lindo, tem um cafe/cha delicioso, e um acervo com obras de Leonardo da Vinci, Rafael, Rubens, Van Gogh, Monet, e outros.

 Em Trafalgar Square, voce estarah pertinho Covent Garden, que eh outra praca bem chamosa, com artistas de rua, mercado de antiguidades, bares e bistro convidativos e restaurantes gostosos e a precos acessiveis.
Ao lado tem Leicester Square, uma praca famosa pelos cinemas. Lah ocorre as premieres dos principais filmes do mundo e tem varios clubs e pubs. Logo adiante, voce encontra China Town, e Soho, um bairro com muitas boates e pubs gays.

Quarto dia – nao pode ir a Londres sem ver a rainha. No verao, todos os dias, as 11h30 da manha ocorre a famosa troca da guarda. Chegue com antecedencia, pois fica lotado.

Troca da Guarda real em Buckinham Palace

Durante o inverno, a troca ocorre em dias alternados. Tambem recomendo uma visita na St Paul Cathedral. Uma igreja de cair o queixo, construida em 604. Cartao postal da cidade, ela eh a segunda maior igreja do mundo. Para visitar a torre da igreja custa £12, mas se quiser apenas observar sua linda arquitetura esteja lah no horario da missa, as 8h30 ou as 17h.  

A St.Paul fica ali ao lado da City, proximo as estacoes de Bank e Monument. Essa eh a area comercial de Londres, onde predios modernos envidracados como o Egg (apelidinho carinhoso) se misturam a predios antiquerrimos, formando a area de business da cidade. Por lah estao conservadas vielas charmosas com pubs, restaurantes e cafes finos e voce possivelmente cruzarah com os anonimos mais elegantes do mundo.

Se voce gosta de arte moderna, atravesse a ponte que voce encontra bem em frente a St. Paul, e logo verah exatamente na outra margem do rio o enorme Tate Modern, a maior galeria de arte do mundo. Ali, voce encontra arte moderna e contemporanea com artistas como Dali, Picasso, Miro, Andy Warhol, e ateh o brasileiro Cildo Meirelles. 

O Tate Modern fica a beira do Rio Thamis. Por £5, voce pode pegar um barco e ir ateh o Tate Britain, outro museu proximo. Andar pelo riverside eh meu passeio preferido em Londres. Entao, aproveite o fim de tarde ou comeco de noite e caminhe ateh um pub ou cafe de sua preferencia.

Quinto dia – Se chover de novo, nao tem problema. Pegue o metro ateh South Kensington. Lah 3 museus otimos e gratuitos. Victoria e Albert, com joias e obras de artes, Museu da Ciencia, bastante interativo e legal para criancas e adolescentes, e o Museu de Historia Natural, onde voce vai se impressionar com os fosseis de dinossauros e primatas. As criancas costumam ficar loucas. Tem ateh area para picnic, se o sol resolver aparecer. Alem de contar com uma construcao linda de morrer.

Sexto dia – Se for um sabado de sol, vah ateh Portobelo Market, a feira de antiguidade em Notting Hill, um bairro bem cool. Voce pode ateh visitar a livraria onde foi gravado o filme do Hugh Grant e Julia Roberts. Alem de antiguidades tambem dah pra garimpar bons CDs e vinis raros. Depois, de uma volta pelo bairro chique da cidade que ficam arredores, Chelsea e Kensington. Logo estarah no Hyde Park, o maior parque da cidade.

Aos domingos de manha, proximo a Marble Arch, ha o ‘speech corner’ – um espaco para protesto dos passantes. Kesington Palace fica dentro do parque e tambem pode ser visitado. Esse eh o castelo que foi residencia da Lady Di e onde ficam expostos seus vestidos.

Jah que eh sabado, aproveite para visitar Camden Town. O bairro hippie da cidade. Se voce eh paulista, imagine um lugar que misture ao ar livre, os crafts da Benedito Calixto, e o mundo punk da Galeria do Rock, tudo isso com pitadas de China Town. Adoro!

Setimo dia – se voce ainda estiver com pernas para isso, vah ateh Paddington e pegue um trem para Windsor. Em meia hora estarah lah. Por £14, voce visita salas luxuosissimas do maior castelo em funcionamento no mundo. O palacio eh gigante, e tem uma construcao medieval belissima, alem de ser possivel ver a guarda da rainha de pertinho. 

Se sobrar tempo, vah ateh Baker Street, visite o Madame Thussands, o museu cera das celebridades. Em Londres, voce tambem pode aproveitar para assistir muitos musicais que estao em cartaz ha decadas, como Lion King (eu fui e recomendo), Dirty Dancing, Legally Blond, Les Miserables, Chicago, Billy Elliot, Oliver Twist. Ha tambem muitos espetaculos de opera e ballet se fizer seu estilo. Tambem eh interessante ver pecas em cartaz com atores Hollywoodianos, Jude Law, Rachel Weisz, entre outros.

Anúncios

Read Full Post »

Onde Ficar?  – EasyHotel – a partir de  £24 a diaria para o casal – sugiro Victoria ou South Kensighton. Ambos sao pertos do centro, metro, e pontos turisticos.

O que comer ?- Nando’s  – sempre numa esquina perto de voce – prato bem servido e gostoso para 2, sendo um galeto inteiro, mais um acompanhamento a escolha, incluindo 2 refrigerantes de refil ilimitado por £17.50

Onde dancar? Heaven  as segundas-feiras. Estudantes pagam apenas £1. Nao estudantes £8. Heaven eh a primeira balada gay do mundo, com mais de 30 anos. Enorme e com DJs que te fazem dancar como se nao houvesse amanha. E pior, como se o dia seguinte nem fosse uma terca-feira. As segundas rola a festa pop-corn, que significa que mistura todos – gay e heteros

Onde beber? – Meu pub favorito chama-se Doggets e fica a beira do Thamis em Waterloo. Eh gigante, tem tres andares, com uma vista linda para os casais no ultimo piso, varanda para o verao, mesas de snooker e claro, fish and chips e Sky para assistir bebendo todos os jogos da temporada.

Onde Comprar?Primark eh uma loucura de precos baixos. Deixa a 25 de marco no chinelo.
Top Shop – uma grande loja inglesa, a estilo da Zara e Mango para Espanha. Bem legal para quem quer estar
na moda inglesa, precos comparados com a Zara, mas tem descontos para estudantes. Eu tenho um casaco escandalo de lah
e tenho sempre vontade de comprar tudo.
Gap – aqui Gap eh uma pechincha. Dah pra comprar uma malha bem bonita por £25 sem ser promocao.
Lilly White e Nike Store – se voce quer comprar tenis e camisas de time, vah lah. A primeira
fica em Picadily Circus e a segunda em Oxford Circus. Ambas sao gigantes. A Lilly White te conquista
pelo preco – tenis Nike, Puma, Rebook a partir de £15. E a Nike te conquista pelos lancamentos supersonicos.

Os ingleses nao ligam muito pra shopping center, mas se for ao seu gosto, o Westfield em Shepherds Bush eh incrivel.
De H&M (precos otimos) a Valentino e Prada. O grande shopping dos ingleses eh Oxford Street e Regent Street. Lah voce encontra lojas bem legais como Harrod’s – umas das maiores lojas de departamento do mundo, e uma das mais antigas. A primeira escada rolante do mundo foi instalada lah (cultura inutil). Recomendada para quem tem bala na agulha, porque os precos sao altos.
Na Regent Street ainda tem a Hamley’s uma loja de brinquedos que eh uma loucura de grande – 5 andares – que existe desde o seculo XVIII. Tem tambem a loja da National Geographic que eh bem cool.

Como chegar ? – Dica mais importante – faca um Oyster. O Oyster o cartao de transporte que tornarah sua viagem mais barata.
Se vier para ficar uma semana ou mais, peca o Oyster 7 days. Dai, voce pode usa-lo a vontade por £25, incluindo Zona 1-2 do metro
e todos os onibus. Se passar menos tempo, pode carregar seu Oyster para 1-day-journey e pagara £5.7 para ilimitadas viagens em um
mesmo dia.

E use sempre o site www.tfl.gov.uk .

Read Full Post »

O que voce diria ao ver um idolo frente a frente? Eu vi, e tive de dizer – ‘Would you like anything? Some coffee, tea or dessert?’ – Mas logico que depois disso nao resisti e disse – I’m sorry but I would like to say that you are the best singer ever! (sim, nesse ingles ridiculo e ainda por cima gaguejante).

Eu sinto muito por nao ter fotos para ilustrar esse post, como eu tanto gostaria que tivesse. Claro que eu pedi para tirar foto com ela. Ela respondeu que sim, mas pediu que eu esperasse ela terminar a refeicao. E assim, que volto da cozinha com sua taca de sangria, ela nao estava mais lah.

A presenca da Amy Winehouse no humilde restaurante onde trabalho, em pleno domingo, fez valer a pena meu trabalho para ganhar salario minimo sem adicional de fim de semana.  O restaurante  eh bem gostosinho, mas eh fast-food, daqueles que voce pede a comida no caixa. E ela fez isso mesmo. Alem disso, o restaurante fica dentro de uma estacao de trem e metro. Logo, suponho que ela andou de metro sim. Nao parecia estar rodeada de segurancas, mas sim de amigos que riam bastante com ela. Alias, uma risada bem escandalosa que fiz questao de acompanhar.

Ela eh bem melhor do que aparece nas fotos dos jornais. Bem baixinha como eu, muito magrinha, mas com peitao mostrado em decote avantajado. Olhos verdes brilhantes e cara boa. Sem aquele ar destruido que os tabloides amam mostrar.  Por incrivel que pareca, minha diva come. Comeu uma coxa de frango com molho extra picante e um pure de batata doce e achei sangria algo bem suave para ela.  E quando eu cheguei a mesa dela, ela estava cantarolando baixinho proximo ao ouvido de uma amiga e foi meu desfrute.

Soh dah pra dizer que por essas e outras, tah valendo muito a pena essa viagem, viu. Mais uma das coisas inesqueciveis para por na lista.

Read Full Post »

Agora engrossou

A partir de 3 de marco entra em vigor uma nova regra para emissao e renovacao de visto para estudantes estrangeiros na Inglaterra. Essa nova regra veio pra complicar a minha vida e de muitos. Sao 3 medidas tomadas:

  • Agora, serah preciso provar por meio de teste da escola ou carta de sua escola de ingles que voce jah tem nivel equivalente a Upper Intermediate. Isso serah necessario para quem vem estudar ingles ou qualquer curso abaixo de graduacao.
  • Se antes instituicoes com nivel A e B poderiam emitir carta de visto, agora somente instituicoes classificadas pelo Home Office como nivel A poderao faze-lo ;
  • A permissao para trabalhar foi reduzida de 20 para apenas 10 horas semanais para estudantes estrangeiros;
  • Tambem nao serah mais permitido entrada de dependentes de estudantes para cursos com duracao de menos de 6 meses .
  • Os dependentes de estudantes nao terao mais permissao para trabalhar no pais, a menos que o curso seja de nivel foundation adiante.

Complicou, neh? Eu estou ligeiramente revoltada com as novas regras. Upper Intermediate eh um nivel bastante elevado, o que irah reduzir o numero de estudantes nao europeus nas escolas de ingles. Na minha classe, ao menos, dentre 20 alunos, apenas 3 sao europeus. Esses estudantes nao europeus – entre eles, turcos, sulamericanos, tailandeses, japoneses, arabes, investem nesse pais. Pagam curso, acomodacao, impostos, celular, compram lembrancinhas, roupas, comida, ou seja, movimentam a economia e me parece que em tempos de recuperacao de crise, esse dinheiro deveria ser muito bem-vindo.

Alem disso, os estudantes nao europeus que trabalham 20 horas por semana, como o permitido atualmente, gastam todos os seus ganhos aqui. Ninguem que trabalhe meio-periodo em trabalhos para estudantes de ingles consegue fazer dinheiro para enviar para seus paises. 

Eu sempre respeitei todas as leis. Trabalho no maximo 20 horas semanais, e o que ganho eh suficiente apenas para pagar o aluguel do meu quarto e meu transporte. O dinheiro que gasto para passear, comprar livros, revistas, roupas, eletronicos, e comida eu tiro das minhas economias do Brasil.  Ou seja, estou investindo meu dinheiro para movimentar a economia de um pais que nao eh meu. E nao estou tirando emprego de ingleses. Afinal, eles podem trabalhar 40 horas semanais, falam seu proprio idioma, estao em casa e serao sempre preferidos. Eu, e outros estudantes estrangeiros, apenas trabalhamos em empregos que os ingleses destenham.

Evitar a entrada de estudantes para mim eh um tiro no peh. O que o Home Office deveria fazer era vistoriar melhor as leis e regras jah impostas. Afinal, eh muito comum ver estudantes trabalhando mais de 20 horas semanais. E se hoje eles jah descumprem a lei, vao continuar a descumpri-la quando for alterada para apenas 10 horas semanais.

Read Full Post »

Big Brother continua

E eu que a primeira vista detestei a casa onde moro, tomei a decisao de vir pra cah soh por preferir ficar com a Bela, que desde que cheguei a Londres foi uma fofa comigo e tinha as melhores referencias do mundo. Estando com ela eu iria me sentir segura e isso era o que importava num momento em que me sentia tao solitaria e desprotegida.

Dai, ela decidiu ir embora da casa. E o Marc, um dos meus housemates, estava certo. Nao era preciso desespero e tudo se resolveu em uma semana. Logo, encontrei uma nova casa, confiavel e com boas referencias, perto da minha escola, um brinco e o melhor – sem carpete. Mas ai, cheguei em casa e o coracao apertou. Pensei como eu adorava ir direto pra cozinha antes mesmo de ir pro meu quarto. Lembrei que a bagunca que sempre reclamo, tambem eh causada por uma bagunca gostosa do pessoal.

O Leo apelida essa casa de Big Brother (pq essa praga eh mundial) e ele tem toda a razao. Aqui, a gente chora, discute (mas sempre na boa), tem romances, festas, ri muito, bagunca muito,tem ‘homesick’, tem historia pra contar, segredos e fofocas.  Aqui, nao tem premio de 1 milhao, mas eu tambem nao quero deixar a casa. Por isso, em vez de mudar, e me adaptar a algo que poderia ser melhor, mas que tambem poderia ser pior, decidi me adaptar somente a uma nova roomate.

A Thais tah chegando essa semana com uma historia bem parecida com a minha. Espero que seja bem-vinda, que curta tanto esse cantinho quanto eu e que essa casa possa mudar a viagem dela, assim como mudou a minha.

PS: a Thais apareceu tao rapido gracas a um anuncio no Orkut que nem foi preciso eu ir ao ‘speed flatmating’, ao qual eu jah tinha colocado meu nome na lista. Eh uma festa que ocorre com certa frequencia em Londres organizada por um site chamado www.shareroom.co.uk. A ideia eh reunir em um mesmo bar/club pessoas que estao com o mesmo objetivo – encontrar um flatmate. Parece bizarro, mas achei a ideia otima e pratica. Afinal, estranho eh morar com pessoas que voce conheceu por anuncio classificado. E eu simplesmente adorei o nome da festa, que parodia ‘speed dating’.

Read Full Post »

Amanha vai ser outro dia

Ainda bem, porque hoje foi foda. 

O Vini falou que era pra eu mudar de casa, de trampo, cortar o cabelo qualquer coisa, mesmo que estivesse tudo bem e feliz, soh para que eu tivesse novas experiencias, afinal estou aqui pra experimentar. Entao cortei o cabelo, e receosa, pensei em cortar as pontas e soh. Mas tirei uns 5 dedos de comprimento, repiquei e fiz franja. E gostei do resultado.

Passei a procurar novo trabalho e ainda nao arrumei. Porque emprego nao eh tao dificil, desde que voce tope trabalhar no que ninguem queira, e ganhando o salario minimo. Na terceira semana em Londres ,eu arrumei meu trabalho, mas arrumar algo que pague mais tah dificil.  

Dai a casa onde moro comecou a me esgotar. Eu nunca achei o melhor lugar do mundo, mas era um lugar em que eu fui muito bem recebida e onde gosto e confio em todos. Entao, soh me mudaria na condicao de continuar com meus housemates favoritos: David, Marc, Bela e Marcilio. Nao deu certo. Nao temos fiador, tampouco como comprovar bons ganhos em UK, e a unica alternativa seria pagar meses de aluguel em antecedencia o que nos quebraria. Seria um sonho. Davi planejava cozinhar pra gente, o Marc comprar jogos de tabuleiro, o Marcilio dormir em paz, eu e a Bela em termos uma geladeira maior e uma sala de estar. Mas hoje o meu sonho virou pesadelo. Sem a possibilidade da mudanca como desejavamos, a Bela aceitou uma boa proposta de mudanca…e eu…perdi minha roomate. Mudanca na marra que me deixou sem chao.

Em outro post, ainda nas minhas primeiras semanas em Londres, eu disse que a gente tah sempre a procura de casa, trabalho e amor nessa cidade. Em um mes aqui eu tinha encontrado tudo isso. Era sortuda. E agora, voltei a procurar tudo isso. Sim, inclusive o amor. O que deu uma sensacao horrivel de perda tudo junto ao mesmo tempo, e um medo danado da solidao.

Hoje, definitivamente, nao foi um bom dia para mim. Perdi…fui forcada a mudar (e logo eu que tenho um medo de mudanca alem do normal). Mas ai, o Davi preparou Cola Cau pra mim, um toddy espanhol, que parece um santo remedio pra quem nao conseguia engolir nem chocolate. Disse sabiamente que amanha eh outro dia. E o Marc, que nao tem sua docura mas tem uma praticidade adoravel, disse que as mudancas podem vir pra melhor. A ver.

Read Full Post »

Nesse domingo estava de folga e decidida a provar o Traditional English Breakfast. Nunca me pareceu uma das melhores coisas do mundo, mas jah que estamos aqui neh, vamos provar o que a terra nos oferece.

O Traditional English Breakfast (que eu comi no lugar do almoco) eh servido nos pubs ou em casas especializadas, e eh composto por cafe ou cha preto com leite (o ultimo obviamente mais tradicional), torradas, manteiga, sausage, ovo frito, bacon (como eu detesto eu pedi presunto para manter o porco na minha mesa), e feijao vermelho. Em alguns lugares eh servido com tomates assados e cogumelos refogados.
Hmmm, delicia!!!
A Bela e o Davi ficaram soh me olhando provar e enquanto isso, ela contava pra ele como era um cafe da manha de hotel no Brasil – aquele com frutas, sucos, paes, bolos, cereais, iorgute, pao de queijo…ai, ai,ai, que saudade.

Read Full Post »